×
Santa Maria
(55) 3027.8000
Uruguaiana
(55) 3411.7600
Bagé
(53) 3240.3900
Cachoeira do Sul
(51) 3724.8300
Ijui
(55) 3333.3200
São Borja
(55) 3430.5200
Santa Maria Renault PRO+
(55) 3028.8080

De 10 à 14 de outubro, São Borja recebe a já tradicional FENAOESTE, feira agropecuária promovida pelo Sindicato Rural da cidade. O evento que ocorre no parque General Vargas, promove o agronegócio da região com exposições de empresas automotivas, do vestuário, maquinários agrícolas, animais, entre outros segmentos.

A feira também irá contar com a participação da Itaimbé Renault, que no próximo dia 15 de Outubro, completa 3 anos de sua nova loja, trazendo, preços e condições exclusivas, com descontos que podem chegar até 22% para para produtor rural, CNPJ e militares.

Uma das atrações é a já consagrada Renault Duster Oroch, que exclusivamente para a FENAOESTE, terá preço especial para FENAOESTE 2018, a partir de R$ 59.990,00. A inovadora picape vem de um segmento entre as picapes de pequeno e grande porte, destacando-se com um motor 1.6 SCe de 120 cv, garantindo economia de combustível, robustez e conforto ao dirigir e manobrar.

Além dela, a Itaimbé traz também o queridinho do momento: O Renault KWID, novo SUV dos compactos, que vem equipado com 4 airbags (2 frontais e 2 laterais), contando além disso com dois pontos ISOFIX nos bancos traseiros, compartimento de bagagem que acomoda até 290 litros e eleito o melhor da categoria. O novo Renault KWID também estará marcando presença na FENAOESTE, com versões apartir de R$ 32.490,00.

Venha conferir, essas e outras ofertas em nosso estande na Fenaoeste, ou visite-nos em nossa loja na Avenida Presidente João Goulart, 584 – Mais informações: (55) 3430-5200.

 

Calibrar os pneus, fazer o alinhamento e trocar periodicamente os filtros são alguns dos procedimentos básicos a que os motoristas devem estar atentos para economizar combustível. Mas e na postura ao dirigir, qual o melhor comportamento a adotar para poupar mais? Não é preciso ser um perito em mecânica para responder a pergunta. A tecnologia dos veículos já é capaz de fazer isso. É o caso do Driving Eco², presente nos carros da Renault, como o KWID. O sistema detecta o modo de condução do motorista e fornece dicas facilmente aplicáveis que podem resultar em uma economia de combustível de até 20%.

Para auxiliar o motorista, todos os veículos Renault já oferecem informações instantâneas, com o Eco Advice, também conhecido como GSI – Gear Shift Indicator –, que indica ao motorista os melhores momentos para realizar a troca de marcha; e Eco Monitoring, ou Indicador de Estilo de Condução, faixa luminosa no painel, que, por meio de variações de cor, do vermelho ao verde, mostra a intensidade do consumo de combustível em tempo real. Esta funcionalidade está presente no KWID e no Captur.

Para monitorar seus deslocamentos, o motorista também tem à disposição um relatório completo, que indica a distância total percorrida pelo veículo, o tempo de trajeto, o consumo de combustível total, a velocidade média no percurso e a distância sem consumo, que consiste na distância em que o veículo permaneceu em movimento, mas sem consumir combustível. O sistema utiliza diversos sensores e centrais eletrônicas do veículo para obter e realizar todos os cálculos, de modo a fornecer ao condutor uma visão precisa e imediata sobre um determinado percurso, viagem ou ainda a performance de um tanque de combustível.

Por isso, utiliza informações em tempo real, extraídas de vários sensores como: posição do pedal de acelerador, velocidade, vácuo no coletor de admissão e marcha utilizada.

 

Venha fazer um test-drive para conhecer mais sobre toda a tecnologia que faz parte de um Renault e que você só encontra aqui, na Itaimbé.

 

Sandero R.S. e Duster Oroch também são indicados como dica especial de compra em suas categorias

 

O Renault KWID, que acaba de completar um ano no mercado brasileiro, recebeu  mais um prêmio. A versão Zen conquistou o selo Seleção Motor1.com como o carro de melhor custo-benefício de 2018 na categoria de preços até R$ 45 mil.

O site Motor 1 analisou 364 modelos em 10 diferentes faixas de preço (até R$ 200 mil), levando em consideração não somente o carro como produto, mas também seus custos de pós-venda e desvalorização. Os critérios para eleger o vencedor levaram em conta os bons resultados nas avaliações e nos testes, além dos custos de seguro, revisões e cesta de peças.

O esportivo Sandero R.S. 2.0 foi eleito a dica especial de compra na categoria de R$ 65 mil a R$ 75 mil. O site ressaltou todas as mudanças feitas nos sistemas de suspensão, direção e freios do veículo, além da adoção do motor 2.0 de 150 cv e do câmbio manual de seis marchas. O custo de manutenção do modelo também foi destaque.

A picape Duster Oroch com motor 1.6 SCe foi a dica especial de compra na categoria de R$ 75 mil a R$ 85 mil. A capacidade de carga de 680 kg, a baixa desvalorização (apenas 6,85%) e o baixo custo de manutenção foram itens destacados pelo site.

O Renault KWID, que acaba de completar um ano no mercado brasileiro, foi eleito a melhor compra do segmento na categoria “Carro até R$ 38.000” pelo segundo ano consecutivo. Entre os destaques da versão Zen ressaltas pela revista estão baixo consumo de combustível e menor custo das revisões diante da concorrência.

A Renault também venceu pelo segundo ano consecutivo com o Sandero R.S. 2.0 Racing Spirit na categoria “Esportivo até 350 cv”. O hot hatch tem motor 2.0 de 150 cv e é o primeiro modelo da linhagem R.S. produzido no Brasil.

Entre os carros usados, a Renault conquistou outros dois primeiros lugares no ranking da Quatro Rodas, mostrando a força dos seus veículos também no mercado de revenda. Na categoria “hatch até R$ 30.000”, o Sandero 1.0 2017 foi eleito a melhor compra. Segundo a revista, os principais pontos que o levaram ao pódio são  conforto, espaço interno, porta-malas de 320 litros e liquidez.

O Logan Authentique 2017 foi escolhido na categoria “Sedã até R$ 35.000”, graças ao porta-malas de 510 litros, ótimo espaço para cinco ocupantes e também liquidez.

 

Fonte: Sala de Imprensa Renault

 

Venha fazer um test-drive nas nossas concessionárias Itaimbé Renault em: Bagé, Cachoeira do Sul, Ijuí, Santa Maria, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana.

Com 19,8 mil emplacamentos, a Renault fechou o mês de junho com 10,2% de participação de mercado, ficando entre as quatro marcas com maior número de licenciamentos no período. Os destaques foram o Sandero, quarto colocado no ranking de vendas, com 6,1 mil unidades comercializadas; e o KWID, na décima posição, com mais de 5 mil emplacamentos. No acumulado do primeiro semestre, a Renault tem 8,3% de participação de mercado, um ganho de 0,9 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2017.

 

“Este foi um mês em que todo o nosso time se empenhou para recuperar os dias em que não produzimos em virtude da greve dos caminhoneiros, que comprometeu os resultados de maio. Aceleramos a produção tendo em vista o compromisso com os clientes que desejam adquirir um Renault. Pela primeira vez, ultrapassamos a marca de 8% de participação de mercado no acumulado do ano, uma de nossas metas no país”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Fonte: Sala de Imprensa Renault

Nesta semana entre os dias 19 a 24 junho, acontece a Fenarroz, na cidade de Cachoeira do Sul e a Itaimbé Renault montou um estande especial no Parque da Fenarroz.

A novidade deste ano é a promoção “Compre agora; 1º parcela em 2019”, válida para toda a linha Renault exceto KWID e Duster Oroch Express.

Com destaque temos a Renault Duster Oroch, disponível com um novo motor 1.6 SCe com 120 cv, assim garante economia e satisfação em dirigir. A picape sai direto de fábrica com direção eletro-hidráulica, assim facilitando na hora de realizar as manobras. A Duster Oroch tem condição especial para produtor rural, e CNPJ que contém planos de financiamentos exclusivos.

A  Itaimbé Renault também está trazendo sua linha de utilitários Renault PRO+, com uma exclusividade  de veículos para trabalhos empresariais, frotistas, taxistas, produtores rurais e locadoras com a melhor qualidade que se encaixa dentro das necessidades de sua empresa.

Venha até o nosso estande ou consulte mais informações no (51) 37248300 ou na Itaimbé Renault de Cachoeira do Sul.

 

 

O Renault KWID foi lançado em agosto de 2017, trazendo inovação, tecnologia, segurança, conforto e econômia. Por estes atributos ele chegou no mercado e já conquistou o prêmio de melhor compra na categoria até 38mil em 2017, segundo a Revista Quatro Rodas.

Além destes atributos o Renault KWID é o único na categoria dos compactos que traz itens de segurança direto de série.

O novo SUV dos compactos vem equipado com 4 airbags de série (contando com 2 frontais e 2 laterais), além disso conta com dois pontos ISOFIX nos bancos traseiros, facilitando fixar o assento de crianças, através de duas engrenagens de metal ligadas diretamente ao chassi do carro, servindo também para usar de alternativa apenas com o cinto de segurança.

 O Renault KWID conta com sistema de freios antitravamento ABS, impedindo que as rodas travem em freadas bruscas. Em relação aos cintos de segurança o compacto possui regulagem de altura e alerta visual e áudio dos cintos de seguranças dianteiros.

Para conhecer mais o Renault KWID faça um test-drive nas concessionárias Itaimbé Renault Santa Maria, Uruguaiana, Bagé, Ijuí, Cachoeira do Sul e São Borja.

Em 2007, quando o Renault Logan chegou ao Brasil, a marca ofereceu uma condição especial de lançamento: planos de manutenção a menos de R$ 1 por dia. Onze anos depois, em um trabalho conjunto com a rede de concessionárias, essa mesma oferta volta a ser praticada, valendo não apenas para o sedã, mas também para o Sandero e o Kwid – em todos os casos, nas versões equipadas com o motor 1.0 SCe. O valor reduzido é fruto de uma queda de cerca de 30% no custo das revisões em toda a linha Renault, posicionando os veículos da marca entre os de menor custo de manutenção em seus respectivos segmentos.

“Sabemos que o custo de manutenção de um veículo é também um fator importante para os clientes. Deste modo, em conjunto com nossa rede de concessionários, conseguimos oferecer revisões com a qualidade das nossas peças originais, mão de obra especializada e garantia a um preço muito vantajoso para os clientes da marca”, afirma Ismael Vargas, diretor de Pós-Venda da Renault.

Agendamento on-line e preço fixo

Além da economia, a Renault do Brasil oferece também uma dose extra de transparência e comodidade para quem deseja realizar a revisão de um veículo da marca, com agendamento on-line e preço fixo das revisões. Para agendar uma data, o cliente deve acessar o portal renault.com.br/servicos/agendamento-online.html. Completo, o serviço inclui a verificação de 40 itens para garantir a segurança e a conservação dos veículos. No portal, o cliente escolhe a concessionária que deseja, indica a quilometragem, dia e horário e, no final do agendamento, é informado qual o valor da revisão. Após finalizar o processo, o cliente receberá um e-mail confirmando a revisão ou propondo novo dia/horário.

 

Fonte: Sala de Imprensa Renault

Renault KWID 1.0 Zen, valor agregado

quarta-feira, 31 janeiro 2018 Por

Preço é o chamariz no novo KWID. Mas, além disso, ele tem motor econômico e equipamentos para agradar aos consumidores no segmento de entrada

O Renault KWID passou sem alarde pelo Salão de São Paulo, em novembro de 2016, onde foi apresentado como o conceito Outsider. Seu brilho foi ofuscado por atrações mais vistosas como Captur, Koleos, Sandero RS e Twizy, além da atriz Marina Ruy Barbosa, garota-propaganda da Renault.

Bastou, porém, a fábrica divulgar os preços do KWID, mostrado já em versão definitiva no Salão de Buenos Aires, em junho de 2017, para que ele se tornasse o assunto do momento.

O KWID tem preços a partir de R$ 29.990, na versão básica, Life, chegando a R$ 39.990, na topo de linha, Intense, já com todos os opcionais.

Além do preço atraente, durante a campanha de pré-venda na internet, a Renault ofereceu ainda outras facilidades, como dois anos adicionais de garantia, totalizando cinco, para quem financiar o veículo pelo Banco Renault e a possibilidade de reservar uma unidade do carro com um sinal de apenas R$ 1.000 parcelados em até três vezes em cartão de crédito.

Segundo pesquisas da Renault, o preço foi apontado por 47% dos consumidores entrevistados como a principal razão de compra do KWID, seguido de perto por outro atributo racional, o consumo, com 46% das preferências.

Para conferir se todo esse interesse do público é justificado, levamos um para um teste completo em nossa pista.

O KWID é o primeiro Renault desenvolvido sobre a plataforma modular CMF-A, da aliança Renault-Nissan. Ele estreou em maio de 2015, na Índia, e agora ganha uma versão brasileira.

Segundo a marca, para ser lançado aqui, foi inteiramente refeito, por conta principalmente das nossas leis de segurança, que, embora mais brandas que as americanas e europeias, são mais severas que as indianas.

A empresa diz que 80% das peças do nosso KWID foram desenvolvidas especificamente para ele. Do indiano, restou basicamente a plataforma, garante Manuel Tavares, chefe de produto da marca.

Segundo ele, a estrutura do carro recebeu 30% de aços reforçados – sem especificar o tipo de aço utilizado. Na balança, nosso KWID ficou 120 kg mais pesado, com um total de apenas 786 kg.

Mas esse acréscimo de peso não pode ser creditado somente à estrutura. Nessa conta entram outros componentes, como peças de isolamento acústico e equipamentos de série, a exemplo dos quatro airbags que estão presentes desde a versão de entrada.

Geometria OFF-ROAD

Além dos airbags, a versão básica Life do KWID sai de fábrica com freios ABS (obrigatório), indicador de troca de marchas, Isofix, abertura interna do porta-malas, banco traseiro rebatível, desembaçador traseiro, tomada 12V, preparação para rádio e indicador de modo de condução (um visor que, por meio da variação de cores – verde, amarelo e vermelho -, sinaliza como o motorista está dirigindo, com vistas à economia de combustível).

Mas nas versões mais equipadas há faróis de neblina, trio elétrico e central multimídia com câmera de ré e GPS. Em todas as configurações, porém, impera o princípio do “justo e necessário”, conforme afirma Tavares para explicar alguns pontos em que houve economia de componentes e materiais, como o limpador de para-brisa único e a fixação da roda com apenas três parafusos.

Segundo Tavares, optar por essas soluções não comprometeu a segurança do carro e permitiu que se investisse o dinheiro economizado em outros aspectos do carro.

No que diz respeito ao estilo, o KWID não sofreu alterações. Batizado nos anúncios de “o SUV dos compactos”, ele tem as formas típicas dos utilitários e, graças a itens como rodas aro 14, para-lamas com extensores de plástico preto e grade vertical ele ficou parecendo um mini-Duster.

A altura externa é mais baixa que a dos rivais. Ele mede 147 cm de altura, enquanto o Up! tem 150 cm. Mas sua geometria off-road faz frente a muitos SUVs de boa família. Seu ângulo de entrada de 24o é maior que o de modelos como o Nissan Kicks (20o) e o Jeep Renegade Sport (21o).

E o ângulo de saída de 40o supera Renault Duster (35o) e Hyundai Creta (28o). O vão livre de 18 cm chega perto de SUVs como Ford EcoSport (19 cm) e Suzuki Vitara (18,5 cm).

18,5 KM/L NA ESTRADA

Baseada na campanha de pré-venda, a Renault diz que a versão mais vendida será a intermediária, Zen (mostrada aqui), que custa R$ 34.990 e traz direção elétrica, ar-condicionado e travas e vidros dianteiros elétricos, além dos recursos presentes na Life – e o único opcional na Zen é o rádio com USB e Bluetooth por R$ 400.

A estimativa é de que essa versão represente 60% das vendas, restando 30% para a Intense e 10% para a Life. Além dos equipamentos, a diferença para as demais versões está nos padrões dos revestimentos.

O acabamento de painel e laterais das portas é sempre de plástico duro, sendo que a versão Intense se diferencia apenas nos detalhes em preto brilhante no painel.

O espaço interno até que é interessante. Com o banco do motorista ajustado para alguém de 1,70 metro, outra de mesmo tamanho consegue se acomodar confortavelmente no banco traseiro.

E o porta-malas tem capacidade para 290 litros, o que é bom para um carro com as dimensões do KWID. O banco do motorista carece de maior apoio para as pernas.

Se o assento fosse maior no comprimento ou tivesse ajuste de altura, seria mais fácil encontrar a melhor posição de dirigir. Em compensação, a direção (com assistência elétrica a partir da versão intermediária) tem uma empunhadura ergonômica e comportamento irrepreensível.

Leve e precisa, a direção foi o que mais nos agradou ao dirigir o KWID. A suspensão é competente para enfrentar os buracos nossos de cada dia. E os freios atuam com eficiência.

Na pista, vindo a 80 km/h, o KWID percorreu 28,9 metros até parar. Nas provas de desempenho, não houve surpresas: o KWID foi de 0 a 100 km/h em 14,9 segundos e retomou de 60 a 100 km/h em 14,3 segundos.

No trânsito de São Paulo, mesmo com o ar-condicionado, não sentimos falta de mais potência. E, na estrada, o KWID se mostrou valente para seu 1.0 de três cilindros, 12 V, com 70/66 cv.

É o mesmo do Sandero, mas sem comando de válvulas variável, para redução de custo, o que o faz perder 12/13 cv. No consumo, o KWID fez 14,7 km/l na cidade, o que lhe valeu um terceiro lugar no nosso ranking de testes (só perde para Up! TSI e Argo 1.0 GSR), e 18,5 km/l na estrada.

Diante do sucesso da estreia, a Renault pode se sentir tentada a aumentar o preço do KWID. A história está cheia de exemplos nesse sentido. Segundo fontes da empresa, porém, isso não deve ocorrer pelo menos até outubro. Afinal, com um aumento, o KWID correria o risco de perder justamente sua maior qualidade.

Fonte : Quatro Rodas

 

A Renault foi destaque na edição 2017 do prêmio “Os Escolhidos”, que revelou seus vencedores em cerimônia realizada em São Paulo, na terça-feira (21). A premiação, feita por voto popular e pela escolha de 17 jornalistas da imprensa automobilística, apontou o Kwid como melhor SUV de entrada, enquanto o Sandero foi o vencedor na categoria Hatch Pequeno. Além dos reconhecimentos aos produtos, a Renault ganhou o prêmio de destaque em Assessoria de Imprensa.

O Renault KWID, o SUV dos compactos foi lançado em agosto destacando-se  pela posição de dirigir mais alta que a dos carros compactos disponíveis no mercado, a boa altura do solo (18 cm, similar à de SUVs médios) e os destacados ângulos de entrada (24°) e de saída (40°). Por fora, o KWID dá a impressão de ser maior que os seus 3,68 m de comprimento. A percepção é reforçada ao entrar no carro e se acomodar, graças ao seu entre-eixos de 2,42m. O espaço para quem viaja atrás é surpreendentemente confortável, inigualável entre os modelos compactos. O mesmo ocorre com o compartimento de bagagem, que acomoda 290 litros e é o maior do segmento. Com o novo motor 1.0 SCe de três cilindros, o KWID é o carro mais econômico da categoria.

O Renault Sandero possui referência em aspectos como robustez e espaço interno, o Renault Sandero é um sucesso de vendas no Brasil. O veículo ganhou, no final de 2016, os novos motores 1.0 e 1.6 SCe, que trazem tecnologias da Fórmula 1 em nome de uma maior economia de combustível e do prazer em dirigir.

Passe na concessionária Itaimbé Renault mais perto e faça um test-drive nos vencedores do prêmio “Os escolhidos de 2017”.

Fonte: Sala de Imprensa Renault

TOP
Itaimbe Renautl

Itaimbe Renault